Como vender imóveis para jovens?

  Comprar um imóvel tornou-se um “sonho brasileiro” perseguido pela maioria dos jovens. Quando o peso dos 30 anos pressiona, a busca pela casa própria aumenta consideravelmente. Mas afinal corretor de imóveis, como atender esse público? Por que valeria a pena alguém tão novo e com perspectivas de desenvolvimento profissional se comprometer com um financiamento longo? A seguir algumas respostas para ajudá-lo no tratamento com esse perfil de cliente.Juros baixos.

casal com chave na mão

 

A maioria dos jovens não tem uma poupança suficiente para comprar um imóvel a vista. Financiar é a única boa opção, as taxas de juros rondam 1% ao mês, valor muito pequeno se comparado com outras aplicações. O juro atrativo faz com que pessoas com R$ 100 mil, por exemplo, financiem dois imóveis ao invés de dar uma entrada maior em apenas um.

Comprar um imóvel não é algo definitivo

É importante lembrar o jovem a respeito da flexibilidade do imóvel. O mercado imobiliário está valorizado. Se o jovem financiar uma casa hoje, daqui alguns anos ele pode vender por um preço maior, quitar a dívida com o banco e ficar com o lucro. Atualmente, emprego, carreiras e casamentos não são necessariamente coisas de longo prazo. Por isso, é importante falar que imóveis pequenos, simples, e com boa localização são ótimos porque são fáceis de alugar ou vender futuramente.

Trampolim para o imóvel dos sonhos no futuro 

Para alcançar um sucesso financeiro é preciso tempo e planejamento. Quanto antes o jovem pensar em comprar um imóvel, mais fácil será a aquisição. Trata-se de um patrimônio que ou gerará renda, no caso do aluguel, ou servirá para moradia própria. É lógico que o comprador não deve deixar de viver experiências importantes para comprar um imóvel, porém, se preparar para esse momento é fundamental. Comprar um imóvel barato na juventude facilita a aquisição de um imóvel de luxo no futuro, pois servirá como moeda de troca. Na prática, a qualidade de vida do jovem comprador é tranquilamente maximizada no futuro.

O tempo deve ser usado a favor

Na juventude, principalmente se ainda mora com os pais, o cliente não tem despesas com o sustento próprio e da família. Mesmo que o salário seja menor, momento tão favorável não existirá. É possível guardar boa parte do dinheiro para a aquisição do imóvel, situação um pouco mais difícil em outros momentos da vida. Por isso corretor de imóveis, lembre-se dessas argumentações e exponha nas negociações futuras.

Fonte:Redimob

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *